domingo, 12 de setembro de 2010

 
- Esquece.
- Já esqueci.
Acho que foi exatamente isso que me fez desencanar dele. Ou apenas começar a ter um limite de aproximação. Se ele já esqueceu, o que me faz ter forças pra lembrá-lo? Eu não, eu nunca fui de fazer papel-de-sofredor. Talvez ela nem tenha dito de verdade, mas eu não vou ficar pensando em possibilidades, ele deveria estar cansado de ouvir, ver, ler as mesmas coisas. Então eu fui deixando-o, com uma baita vergonha de mim. Fico pensando se quando a gente gosta, a gente tem que passar por papel de babaca ou qualquer coisa assim. Porque ninguém tem que ficar atrás de quem a gente ama, só por medo de perder. Parece mais um castigo, mais uma forma de identificar o que é amor ou não. Já que as pessoas se iludem tanto hoje em dia. Amor pra mim é uma forma de recebimento, gratidão por algo que se dá. Porque quando se entrega o coração, é essencial que se tenha um de volta não é? Vocês não acham isso?

"Como a maioria dos sofrimentos, esse começou com aparência de felicidade..."

CaioF.