domingo, 26 de setembro de 2010


Mas chega uma hora na vida que a gente tem que parar de ser boa com os outros e ser boa -primeiramente - com a gente. Fiquei amarga? Não mesmo. Agora eu sou prática. Vacilou? A porta está aberta, meu bem . Sem dó nem piedade.

Fernanda Mello.