terça-feira, 5 de outubro de 2010


"Por onde anda você, tão distanciada, tão silenciosa? Em que nova galáxia posso te encontrar outra vez (...) Vezenquando baixa uma saudade, quase sempre..."