sexta-feira, 25 de março de 2011

 
 “Você já pensou nisto? Os rochedos resistem às ondas, ao sal, ao vento, mas se deixam modelar, mudam as suas formas, com o tempo ficam lisos, perdem os cantos, parecem macios...”
(...)
“As ondas, os rochedos... como o amor entre as pessoas. Nos encontramos, nos escolhemos e vamos para o alto-mar.

(Desculpa se te chamo de Amor – Federico Moccia - pág. 406)