quarta-feira, 9 de março de 2011


Um arrepio firme, um sussurro fraco ao pé do ouvido. Olhar de criança tonta que sabe o que quer. Mãos e braços com destinos prontos, sem titubear no meio do caminho. Passos leves, de quem sobe escadas depois de uma festa no meio da noite. Sorriso cativante de adulto folgado que tenta convencer de que não fez bobagem. É isso que penso de você, que imagino e vejo em você. É isso que me encanta. 
Você me encanta !