segunda-feira, 11 de julho de 2011


“Foi tão bonito você me emprestar a vida assim Ver que eu não tinha saída e seguir por onde eu vim.”