terça-feira, 18 de outubro de 2011


Não tenho medo. Não tenho medo de nada. Quanto mais eu sofro, mais eu amo. O perigo só fará crescer o meu amor, ele o afiará, perdoará o preconceito. Serei o único anjo que você precisa. Você deixará a vida ainda mais bonita do que quando entrou. O céu a levará de volta, olhará para você e dirá: ‘Somente uma coisa pode nos completar’. E esta coisa é o amor…

 (O leitor)