sexta-feira, 16 de dezembro de 2011


"Ah o amor… que nasce não sei onde, vem não sei como, e dói não sei porquê." 

Carlos Drummond de Andrade