domingo, 15 de janeiro de 2012


"Os dragões não conhecem o paraíso, onde tudo 
acontece perfeito e nada dói nem cintila ou ofega, 
numa eterna monotonia de pacífica falsidade.
 Seu paraíso é o conflito, nunca a harmonia."