quarta-feira, 7 de março de 2012


O que mata um jardim não é o abandono. 
O que mata um jardim é esse olhar de quem por ele passa indiferente

Mário Quintana