quarta-feira, 3 de junho de 2015





“Que bobice, eu sempre achei minhas amarguras todas muito especiais. A verdade é que todo mundo sofre meio parecido, pelas mesmas razões.”

Gabito Nunes