terça-feira, 9 de junho de 2015


“Se em certa altura, tivesse voltado para a esquerda em vez de para a direita. Se em certo momento, tivesse dito sim em vez de não, ou não em vez de sim. Se em certa conversa, tivesse tido as frases que só agora, no meio-sono, elaboro — se tudo isso tivesse sido assim, seria outro hoje, e talvez o universo inteiro, seria insensivelmente levado a ser outro também.”

Álvaro de Campos.