quarta-feira, 25 de novembro de 2015


“Livrai-me, Senhor, de tudo aquilo que for vazio de amor.”

Caio Fernando Abreu.