sexta-feira, 11 de agosto de 2017




“Acho que me apaixonei, não pela sua voz, ou pelo seu carinho, ou até mesmo pela cor dos seus olhos, ou quando sorri sem jeito. Acho que me apaixonei pelo seu abraço, aquele bastante apertado, que as vezes me deixa sem ar, me apaixonei pelo seu boa noite, e até pelo seu bom dia. Ah! Quase ia esquecendo, me apaixonei por você naquele dia chuvoso, em que te abracei e coloquei minhas mãos embaixo da tua camisa enquanto você me apertava entre teus braços a fim de me esquentar. Me apaixonei pelo teus lábios nos meus e como você me deixa sempre querendo mais um pedaço de você.”

O Diário de Sofi.