sexta-feira, 25 de março de 2011

 
- Às vezes eu penso como teria sido se eu não tivesse segurado a sua mão aquela noite.
- Você se arrepende?
- Não é isso. Não sei explicar, só penso a respeito.
- E o que você pensa?
- Fecho os olhos e então só vejo você.
- Acho que o fato de isso acontecer deve ser algo maravilhoso.
- Não, acho que é apenas bom.
- Por quê?
- Porque maravilhoso é quando ABRO os olhos e te vejo.