quinta-feira, 28 de abril de 2011



Não tenha medo da quantidade absurda de carinho que eu quero te fazer. E de eu ser assim e falar tudo na lata. E de eu não fazer charme quando simplesmente não tem como fazer. E de eu te beijar como se a gente tivesse acabado de descobrir o beijo…

 

“Eu que faço a massagem, o carinho, eu que mordo, assopro, lambo e mais esse monte de coisa. Quase tenho saudade da entrega perfeccionista que só os feios e os pobres têm como qualidade. Mas passa rápido. Ele pede, reclama, dorme, acorda, pede mais. Sim, querido. Deixa tudo comigo, apenas exista. Pessoas como você apenas precisam existir e nada mais..”

 

 

w.w

 

“E você continua indo embora, e eu continuo ficando, vendo você levar partes de mim que antes eu nem sentia falta. E você continua escrevendo sua história pulando linhas, errando palavras, esquecendo os títulos. E eu continuo escrevendo seu nome com letras cheias, para tentar preencher você de alguma maneira. Pra tentar deixar tangível a sua existência." 

 

 

 

“Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim, que nada nesse mundo levará você de mim. Eu sei e você sabe que a distância não existe, que todo grande amor só é bem grande se for triste. Por isso, meu amor, não tenha medo de sofrer, que todos os caminhos me encaminham pra você. Assim como o oceano só é belo com luar, assim como a canção só tem razão se se cantar, assim como uma nuvem só acontece se chover, assim como o poeta só é grande se sofrer, assim como viver sem ter amor não é viver, não há você sem mim e eu não existo sem você.”

Vinícius de Moraes / Tom Jobim
 
 

quarta-feira, 27 de abril de 2011

“Pior é que eu berrei. Berrei com o pior tipo de desespero do mundo. Meu silêncio, meu conformismo, minha aceitação, minha quase maturidade. Eu tenho a impressão que a hora que eu chorar, vai ser das coisas mais tristes do mundo.”

 

 

“No meio do nada, você apareceu. Me olhou, sorriu, e eu fiquei muda. Muda. Você e o seu sorriso lindo. Eu e minha falta de palavras. Eu te olhava e você caminhava. Caminhava em minha direção e sorria. Falta de espaço, falta de frases, falta de ar. Ai, meu Deus, me deixa viver agora. Eu preciso morar, dormir e acordar com esse sorriso. Esse sorriso lindo que duraria uma vida se você quisesse. E você não parava de sorrir e apertava os olhos. Grave. Grave! Seus olhos rasgados, me olhando. Seu sorriso de um minuto, dez anos, cinco horas. Você parou de repente e tudo em volta também. Parecia um filme. Um filme que eu nem sabia a fala. Mas eu não tinha fala e você me olhava. Vai, engole esse sorriso que não é seu. Come as palavras dele. Se alimenta. E lá estávamos nós. Mudos. E nosso silêncio que tanto dizia.”





 

 

“É bastante irônico que, na vida, a pessoa que te faz forte é a sua maior fraqueza.”

 

 

“Você não sabe, mas quando eu chego em casa eu repasso cada palavra que você disse, cada gesto que você fez, cada beijo seu e me pergunto se vale mesmo a pena.”

 

 


Disse pra mim. Nenhum pio. Não vou falar nada. Já que sou tão imprópria, inadequada, boba. Já que nunca basto e se tento me excedo. Já que não sei o que deveria ou exagero em querer saber o que não devo. Nunca entendo exatamente, nunca chego lá, nunca sou verdadeiramente aceita pela exigência propositalmente inalcançável. Meu riso incomoda. Meu choro mais ainda. Minha ajuda é pouca. Meu carinho é pena. Meu dengo é cobrança. Minha saudade é prisão. Minha preocupação chatice. Minha insegurança problema meu. Meu amor é demais. Minha agressividade insuportável. Meus elogios causam solidão. Minhas constatações boas matam o amor. As ruins matam o resto todo. (Tati Bernardi)



Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido. Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta. 
(Martha Medeiros)



Mas toda escolha tem suas desvantagens e você precisa ter preparo para elas.
Se você decide não voar por qualquer coisa que você supõe que te prenda, lembre-se, isto 

 também é escolha sua.





“As possibilidades de felicidade são egoístas, meu amor, viver a liberdade, amar de verdade.. Só se for a dois”




Eu olhei pra ele e sorri. Sorri. Porque se a pessoa mais doce que já conheci, se a pessoa mais sensível que já conheci, se a pessoa que me garantiu, segurando firme meu corpo no meio da noite, eu sempre querendo ir respirar pra fora do amor, e me disse que tudo bem, eu podia ficar.. 


domingo, 24 de abril de 2011


Podem haver milhões de pessoas por perto que sua presença ainda assim é forte do mesmo jeito .Mas de vez em quando chega a ser perfeito estar só com você , porque você parece ser mais meu assim . Sem ninguém olhando , com o olhar só pra mim  .



Ciúme
Sexo
Preguiça
ô.o


 
“Dizem que a dor faz a gente pensar. Dizem que o amor faz a gente mudar.”
Tihuana


“Escolha, entre todas elas, aquela que seu coração mais gostar, e persiga-a até o fim do mundo. Mesmo que ninguém compreenda, como se fosse um combate. Um bom combate, o melhor de todos, o único que vale a pena. O resto é engano, meu filho, é perdição.”  
Caio Fernando Abreu



“Nunca soube a cor exata de seus olhos. Quando os via muito de perto, minha única preocupação era observar o movimento dos pontinhos dourados no fundo das pupilas.”
Caio Fernando Abreu


sábado, 23 de abril de 2011


Eu descobri que vale a pena ficar três horas te olhando sentada num sofá mesmo que o dia esteja explodindo lá fora.
(Tati Bernardi)

quinta-feira, 21 de abril de 2011

quarta-feira, 20 de abril de 2011


Nó aperta, laço enfeita, simples assim. 



''(...) Porra, eu me afastei de tudo, de todos, joguei tudo pro alto e só quero esse amor, nada mais me interessa, se esse amor me faltar (pode?) eu só tenho isso, é o único laço que me prende à vida — e se faltar, Deus, se faltar o que faço?'' 


terça-feira, 19 de abril de 2011



“Quando deixou de ser aquilo que era. Até mesmo quando deixou de fazer questão de todas essas coisas que hoje eu resolvi dar importância. E só dei importância porque quis que você soubesse o quanto sinto sua falta, o quanto sempre senti.”

- Cazuza.



“Um amor que não é a sua cara, que não lembra em nada um amor idealizado. E, por isso mesmo, um amor que deixa você em pânico e em êxtase. Tudo diferente do que você um dia supôs, um amor que te perturba e te exige, que não aceita as regras que você estipulou. Um amor que a cada manhã faz você pensar que de hoje não passa, mas a noite chega e esse amor perdura, um amor movido por discussões que você não esperava enfrentar e por beijos para os quais nem imaginava ter tanto fôlego. Um amor errado como aqueles que dizem que devemos aproveitar enquanto não encontramos o certo, e o certo era aquele outro que você havia solicitado, mas a vida, que é péssima em atender pedidos, lhe trouxe esse e conforme-se, saboreie esse presente, esse suspense, esse nonsense, esse amor que você desconfia que não lhe pertence. Aquele amor em formato de coração, amor com licor, amor de caixinha, não apareceu. Olhe pra você vivendo esse amor a granel, esse amor escarcéu, não era bem isso que você desejava, mas é o amor que lhe foi destinado, o amor que começou por telefone, o amor que começou pela internet, que esbarrou em você no elevador, o amor que era pra não vingar e virou compromisso, olha você tendo que explicar o que não se explica, você nunca havia se dado conta de que amor não se pede, não se especifica, não se experimenta em loja – ah, este me serviu direitinho!” 
Martha Medeiros.



Você não pode deixar alguém na espera enquanto está em um relacionamento. É como uma chamada em espera… a pessoa se cansa, e desliga.  
(Prefira Borboletas)


segunda-feira, 18 de abril de 2011


Eu quero ficar deitada com você, no frio, com um monte de cobertas e a tv desligada. O som dos nossos sussurros e risadas já seria o bastante. Eu quero um fim de tarde com você. Eu quero um amanhecer com você, eu quero uma vida inteira com você.
 

Acho que a gente tem um pouco disso. Aquela vontade de cutucar a ferida, de saber se já cicatrizou ou ainda sangra. Ir ao encontro da dor, pra saber se realmente sabemos o caminho de volta. E são nessas, que a gente se perde. Que a gente machuca quem não marece sofrer de novo.  



"Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar."
Teatro Mágico
 
 

domingo, 17 de abril de 2011



...E se o tempo levar você
E um dia eu te olhar e não te reconhecer
E se o romance se desconstruir
Perder o sentido
E eu me esquecer por ai
Mas nós somos um quadro de Klint
"O Beijo" para sempre fagulhando em cores
Resistindo a tudo seremos
Dois velhos felizes
De mãos dadas numa tarde de sol
Pra sempre
Te amo, te amo, te amo...


Vanessa da Mata - Te amo

sábado, 16 de abril de 2011


“Por que sinto falta de você? Por que esta saudade? Eu não te vejo mas imagino suas expressões, sua voz, teu cheiro.”




..Eu quero te dar
E quero ganhar o que você me der
Eu quero te amar
Até não saber mais o que isso é
Eu quero querer
Igual a você assim sem disfarçar
E quero escrever
Uma canção de amor para nos libertar..



"- É esse gelo por dentro que eu não consigo entender.
Você se doou tanto quando eu não pedia,e no momento em que pela primeira vez pedi,
você negou,você fugiu.
É esse seu bloqueio de aço encouraçando o silêncio,
eu não consigo entender..."

Caio Fernando Abreu.
 
 

sexta-feira, 15 de abril de 2011


Ao mesmo tempo a gente dá a mão. E dá a outra. E daria uma terceira se ela existisse. E você fala com a voz mais baixa do mundo que não queria ter de ir embora. E eu te peço, com a voz mais baixa do mundo, pra você ficar mais uma semana.
(Tati Bernardi)


Acontece que entre o ainda-não-é-hora e nossa-hora-chegou, muita gente se perde.
Não se perca, viu?

Caio F.


quinta-feira, 14 de abril de 2011


Te dou as minhas vontades e um pote de mousse de maracuja. Um muito do meu tempo que às vezes é tão curto, mas é teu. Só teu. Junta seus sonhos com o meu. Sonhos são uma forma de nos encontrarmos com o que fica escondido dentro do peito. São futuros doces querendo ser presente. Eu quero te dar o mais doce deles. Vou pintar uma realidade fantástica pra você se distrair da rotina sem cor. E sei que nem sempre é possível estar feliz o tempo todo. Mas você só vai chorar na minha frente quando o xampu cair no seu olho. E as tempestades que vierem a gente vai enfrentar de barco, de guarda chuva, de proteção qualquer. Mas a gente vai. Juntos. Vai ter dias ensolarados só pra gente sentar debaixo de uma sombra de uma árvore gigante. Pra procurar jacaré nas nuvens. Vou tirar você da rotina só pra te distrair com minhas histórias mirabolantes de uma vida normal. É só isso que posso fazer pra ver você feliz. Estender um braço e entregar um coração cheio de temperanças sujeito a intempéries. Preciso te dizer também que tempo ruim é na meteorologia, não na gente. Que chuva quando é vista da sombra a gente enxerga o arco-íris.



Não havíamos marcado hora, não havíamos marcado lugar. E, na infinita possibilidade de lugares, na infinita possibilidade de tempos, nossos tempos e nossos lugares coincidiram. E deu-se o encontro.


 
Nem sei com que pernas cheguei até sua casa, achei que não teria coragem. Mas agora que estou aqui, preciso que você saiba que cada música que toca é com você que ouço, cada palavra que leio é com você que reparto, cada deslumbramento que tenho é com você que sinto. Você está entranhado no que sou, virou parte da minha história.
Martha Medeiros



Sempre caminhei sozinha, quando cheguei a olhar para trás via somente duas pegadas. Pode até parecer solitário, triste, mas muito pelo contrário, era sossegado, tranqüilo, sem preocupações e desilusões. Sempre me achei auto suficiente, eu me bastava, não precisava de ninguém pra que eu me sentisse completa. Mas aí apareceu você. Feito vendaval, que vai levando tudo que vê pela frente. Você levou minhas concepções velhas, tudo aquilo que eu acreditava embora. Me transformou, foi me tirando os espaços entre tantos abraços, foi me moldando, me modificando, para que eu ficasse assim, o melhor pra você, o melhor pra nós. Me fez dependente, logo eu, livre, solta. Me deixou presa em você, assim sem amarras, sem receios, sem medo. Me esqueci daquilo que eu era pra me transformar no que te faz bem, no que te deixa feliz. Resolvi que você seria meu motivo. Meu motivo para continuar, para viver, meu objetivo de vida, de escolhas. Resolvi que você seria minha base, meu alicerce, que mesmo eu sendo tão independente, tão egoista e cheia de mim, mudaria, mudaria pra te ver sorrir, pra te ver feliz. Deixaria meu orgulho de lado pra ir atrás de você quantas vezes fosse preciso. Porque eu te amo. Porque não tem nada que eu queira mais do que o teu perfume se transformando no ar que eu preciso todos os dias, porque eu preciso de você, aqui, como sempre foi.


 
Todo sopro que apaga uma chama reacende o que for pra ficar.
O Teatro Mágico 
 
 

..Sem você passei a ver o que nunca enxerguei
Sem você me dei um tempo e me repensei
Eu me vi naquelas folhas de outra estação
Que sem vidas são varridas secas pelos chão
Acredito hoje em coisas que me ensinou
Acredito que dias melhores estão por vir
E amores de verdade surjam num olhar
Acredito que a gente possa ser feliz..


terça-feira, 12 de abril de 2011


Eu quero que você se sinta a pessoa mais feliz do mundo, a única capaz de ser pra mim um sonho em noite de insônia.  

Cazuza



“Você deixou tudo a tua cara. Só pra deixar tudo com cara de saudade.”
- Alice Ruiz.


(...) e tem sido você , e vai continuar sendo você
Por tanto tempo eu quis , e então você chegou ! 




...Visão do espaço estamos tão distantes
se acelero os passos sigo a voz do meu coração.
Ontem eu fui dormir mais tarde um pouco.
E tudo vai indo bem...
Venço o cansaço e o medo do futuro...
 
 

“Tá, mas o que é que cabe em um mês?” – tu perguntas. Um ciclo lunar, um ciclo menstrual, uma copa do mundo, duas olimpíadas, um amor de verão, quatro amores de verão…



Você sabe quantas vezes eu me apaixonaria por você de novo?
- Nenhuma?
- O mesmo número de bolinhas
que surgem na pele de todos os arrepios que existem.

(Cáh Morandi) 



Tenho um amor, e uma dona pra ele. Pessoal e instransferível.
Não tem satélite que mande tanta coisa assim pra tão longe.
Brilha muito acima dos pára-raios e das nuvens de fumaça dessa 
cidade abafada e cinzenta a minha via láctea, 
pela qual eu deslizo sorrateiramente
toda noite em sonhos, ao encontro dela.




..Com você vou aonde for
Sinto no ar, deixo rolar
A cor do meu céu não é mais azul
Com seu olhar longe do meu amor
Quem me dera ter um segundo
Pra não te perder
Só você
Me desperta a intenção
De pra sempre te querer
Só você
Vou além
Vou além do céu
E posso me perder
Aonde você for eu vou estar
Vou além
Vou além do céu
E posso me perder
Aonde você for eu vou estar
Com você
Com você
Com você
Com você
Com você..

domingo, 10 de abril de 2011


“E se realmente gostarem? Se o toque do outro de repente for bom? Bom, a palavra é essa. Se o outro for bom para você. Se te der vontade de viver. Se o cheiro do suor do outro também for bom. Se todos os cheiros do corpo do outro forem bons. O pé, no fim do dia. A boca, de manhã cedo. Bons, normais, comuns. Coisa de gente. Ninguém mais saberia deles se não enfiasse o nariz lá dentro, a língua lá dentro, bem dentro, no fundo das carnes, no meio dos cheiros. E se tudo isso que você acha nojento for exatamente o que chamam de amor? Quando você chega no mais íntimo. No tão íntimo, mas tão íntimo que de repente a palavra nojo não tem mais sentido. Você também tem cheiros. As pessoas têm cheiros, é natural”

Caio Fernando Abreu, em: Estranhos Estrangeiros



Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, 
lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo.
C.F.A

sexta-feira, 8 de abril de 2011


O problema é que você é tudo pra mim, entende? E quando você tá com outra pessoa, essa pessoa tá com tudo que é meu, com tudo que o meu mundo significa… Como não sentir ciúmes?

Vinícius Kretek.

domingo, 3 de abril de 2011


..Eu só queria que você cuidasse
um pouco mais de mim
como eu cuido de você
cuidar é simplesmente
olhar pro mundo que você não vê
Pra medir o amor não existe cálculo
1+1 pode não ser 2
Futuro é linda paisagem
desejo que não é sonho é mera ilusão
Se não sabe
se afasta de mim
mas se ainda cabe
me abrace, enfim
Só ligue se tiver vontade
só venha se quiser me ver
Mentir é pura vaidade
de quem precisa se escconder
Será que eu vejo apenas o que você não vê?
eu não entendo como você não consegue perceber?
que eu não sei mais,
eu não sei mais, eu não sei
O sangue é o rio que irriga a carne
e a alma é a terra de um morro
é luz antiga o fim da tarde
dessa saudade sem socorro
Se não sabe
se afaste de mim
mas antes que seja tarde
nos salve do fim..

Odeio pessoas ignorantes. Me sinto mau por não conseguir gostar de todo mundo, mas é o que sinto. Os ignorantes, os vaidosos, os usurários, os pedantes. Detesto tudo que é afetado, detesto quem não se busca. Quem se acostuma a viver, da mesma maneira como se acostuma a dormir ou comer. Viver fica uma coisa automática, pouco importante boa ou má, vazia ou não. Basta viver, como uma obrigação da qual não se pode fugir. 
(Limite Branco, CFA)