quarta-feira, 28 de maio de 2014


Ela deixou de viver o que dava e passou a buscar aquilo que realmente merecia. Ela desejou que o sofrimento acabasse e que as desculpas deixassem de existir. Ela passou a se arriscar mais sem se importar com as quedas, afinal, com tantos arranhões com o decorrer da vida, mais um não faria tanta diferença assim. Ela apagou todas as mensagens antigas do celular (inclusive aquele ''eu te amo'' que significava tanto) e se desligou de quem faz dela uma especie de passa tempo. Ela parou de procurar e deixou que os outros sentissem sua falta. Ela parou de ficar se lamentando e foi atrás de suas verdades. Ela passou a se permitir mais, deixou de pensar como menina e se transformou novamente em uma mulher. Ela aprendeu em quem deve confiar e quem deve deixar de lado. Ela deixou marcas por onde passou, despertou interesse de um bando de caras e fingiu que não. Ela sorriu com uma dessas cantadas na volta pra casa e percebeu que a vida não para! Ela parou de prestar atenção nos outros e passou a gostar mais de si! E por fim, ela deixou pra lá o que iriam pensar e tratou de se fazer feliz.