quarta-feira, 12 de novembro de 2014





Você chega e diz que me quer. Que me gosta. Que está se apaixonando. Que está envolvido. E que tem medo do que está sentindo por mim. E eu fico apatetada e sem palavras. Mas acho lindo. Acho você todo lindo. Eu, que falo pelos cotovelos e sempre tenho uma palavra na ponta da língua, fico muda. Mas feliz. Sinto exatamente o mesmo que você.

Clarissa Corrêa.